quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Antídoto


Não encontrei até hoje solução mais eficaz para tantos problemas. Cura corações partidos, noites mal dormidas, alguns tipos de depressão, angústia, saudade, medo, desconforto. Não existe medida ou dose certas, e pode ser encontrado em diversos locais. Um abraço cura quase tudo.
Tímidos ou desesperados, fortes ou fracos, certeiros ou incertos, eles te fazem bem. É um momento único, no qual você se coloca no corpo do outro, usando-o como seu apoio, sua base, seus cais.
Ouve-se o ritmo, sente-se o cheiro, reconhece-se o calor.
Se frios estás, basta um toque para se derreter. Se quebrado se encontra, não é difícil se remontar em poucos segundos. Se perdido estás, o caminho de volta é facilmente descoberto.
Eu realmente não sei o que vai ser de mim sem essa dose - antes diária - de bem estar, aliás, eu imagino. As pessoas por enquanto estranham esse meu estado de espírito, mas com o tempo se acostumarão. Não consigo disfarçar algo tão evidente, essa saudade absurda de algo que nunca foi inteiramente meu, e se foi, não continuará dessa maneira por muito tempo, e nós sabemos disso.
Preciso de um estoque de carinho, uma reserva de ânimo. Não encontrei até hoje sensação mais estonteante do que aquela que sinto quando meu coração se encontra com o teu.
-

2 comentários:

  1. Também procuro por está sensação em outros lugares, em outros corações, mas é só no dele que encontro.

    ResponderExcluir
  2. No meu caso, é o mesmo. Só não poderei contar com isso por muito mais tempo.

    ResponderExcluir