quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Wide


  As vezes é necessário parar, respirar, se dar um tempo. As coisas não mudam na velocidade que desejas, e as vezes esses acontecimentos não são nem um pouco previsíveis. Não dá pra apostar todas as suas fichas em uma só pessoa e esperar que ela corresponda todas as tuas expectativas. Nem mesmo você consegue fazer isso em relação a si mesmo. Quantas vezes já se decepcionastes com atitudes estúpidas e dignas de seu repúdio?
   Penso sempre em maneiras mais simples de resolver ou acabar com conflitos e problemas, mas ultimamente tenho aprendido que não posso sumir com todos. As vezes o melhor a se fazer é esperar e respirar fundo, e contar um pouco com o tão bipolar destino. 
  Não dá pra aceitar que algumas de suas bases estão mais fracas, que os corações tornaram-se mais rígidos e as palavras mais ásperas. Continuarei, entretanto, combatendo-os de maneira oposta, pois se tem algo bom para ser lapidado, eu tentarei encontrar, valorizar e guardar. Acho que serei capaz de derreter essa barreira fria e espessa de gelo que aos poucos aumenta seu volume, afinal de contas, já fui alvo dela inúmeras vezes. E cá estou.
   Amadurecer, esse é o ponto. As recompensas vindas de frutos cultivados com seus melhores sentimentos ainda estão por vir, menina. Seja paciente e aguarde os planos de Deus para a sua vida. Você é forte, certo? Respire e continue.